Candidatura a cargo de um gestor de projecto (GEN)

  • Praia
  • 2019-09-15
  • Tempo Inteiro
Enquadramento do Anuncio


A União Européia (UE) é o resultado de uma parceria econômica e política entre 28 países europeus. Desempenha um papel importante no cenário internacional, seja por meio de diplomacia, comércio, assistência ao desenvolvimento ou cooperação com organizações internacionais. No exterior, é representado por mais de 140 representações diplomáticas, também conhecidas como delegações da UE, que têm uma função semelhante à de uma embaixada.

A Delegação da UE na República de Cabo Verde é um parceiro comprometido com a cooperação com o país.

Nós propomos

Um ambiente de trabalho multicultural em uma delegação de cerca de 20 pessoas. Possibilidade de missões. Semana de trabalho das 37h30min, na cidade da Praia. O agente será classificado no Grupo I com um salário base inicial de 208.461 CVE / mês.

Oferecemos uma posição competitiva em um ambiente internacional. Benefícios como um plano de previdência complementar e seguro médico para funcionários e suas famílias estão disponíveis sob certas condições.

Função principal:

Sob a supervisão do Chefe da Cooperação, apoiar a execução de projectos e programas de assistência ao desenvolvimento e de cooperação financeira e técnica com países terceiros, especificamente os relacionados com a Parceria Especial UE-Cabo Verde, programas temáticos UE e apoio à sociedade civil . 

 

Tarefas específicas:

O agente é responsável pelas seguintes tarefas:

Análise setorial, desenvolvimento de estratégias e programação

  • Contribuir para o diálogo setorial com todas as partes interessadas (ministérios, agências, doadores e outros) em todas as áreas relevantes.
  • Contribuir para a análise sectorial e definição de uma estratégia da União Europeia nos sectores relevantes, por exemplo, sob a forma de quadros estratégicos nacionais ou programas indicativos nacionais.
  • Acompanhamento dos diferentes pilares da Parceria Especial e apoio à preparação de Grupos Técnicos e Locais de Acompanhamento de Parcerias Especiais, bem como reuniões ministeriais. Apoiar o processo de convergência técnica e normativa.
     

Preparação de informação setorial para a sede

  • Estudar e monitorar questões setoriais e temáticas e informar a sede regularmente e no prazo.
  • Responda a qualquer pedido específico nesta área.
     

Gestão do ciclo de projeto da delegação

  • Contribuir, em estreita colaboração com a (s) instituição (ões) beneficiária (s) no país anfitrião, para a definição, programação e avaliação do ciclo do projeto sob sua responsabilidade, quando for desenvolvido como parte do processo de programação.
  • Contribuir para todas as etapas do processo de contratação (definição de especificações, lançamento de propostas, etc.).
  • Monitorar projetos em andamento sob sua responsabilidade (incluindo missões de campo), participar de reuniões de gerenciamento e monitoramento, elaborar relatórios de progresso sobre projetos e propor medidas apropriadas para modificar ou adaptar ações.
  • Avalie os projetos sob sua responsabilidade.
  • Manter um diálogo regular com outros doadores ativos no país anfitrião.
     

Preparação e acompanhamento dos concursos

  • Participar no lançamento, gestão e acompanhamento de convites à apresentação de propostas e concursos, bem como na avaliação e selecção de projectos sob a sua responsabilidade.
  • Monitorar a implementação de projetos e supervisionar o desempenho de gerentes e parceiros; assegurar o cumprimento das obrigações contratuais (através de revisões periódicas, auditorias, relatórios e medidas de assistência, etc.); reunir e processar conselhos de especialistas.
  • Lidar com atividades horizontais, bem como com aspectos do programa e projetos relacionados a consulta e trabalho em rede.
     

Representação, negociação, participação

  • Manter um diálogo eficaz com os operadores locais no terreno, com as autoridades e instituições nacionais, com representantes das missões diplomáticas dos Estados-Membros, com representantes dos principais doadores internacionais, com ONG e com outros agentes locais não oficiais.
     

NB - O candidato selecionado pode, no interesse do serviço, ser chamado a assumir outras tarefas e registros.

Post requirements

1. Estar clinicamente apto para desempenhar as funções requeridas;

2. Desfrute dos direitos civis e tenha autorizações de trabalho de acordo com a legislação local;

3. Profundo conhecimento de português, além de inglês e / ou francês.

4. Nível de ensino correspondente a um ciclo completo de estudos universitários de pelo menos três anos, culminando com um diploma oficial de preferência num dos seguintes campos: Direito; Ciência política; sociologia; letras; filosofia; Economia.

5. Mínimo de cinco anos de experiência profissional em relação às tarefas a serem executadas.

6. Domínio de ferramentas de TI como o Microsoft Office (Word, Excel, Access, PowerPoint, Outlook, Internet)

 

Os seguintes pontos serão considerados um ativo:

7. Conclusão de estudos de mestrado (pelo menos um ano após o ciclo completo de estudos universitários e diploma).

8. A experiência na identificação, preparação e gestão de projetos na área da cooperação para o desenvolvimento é um ativo.

9. O conhecimento de Cabo Verde e da região é um ativo.

 

Como enviar sua inscrição

 

O ficheiro de candidatura que indica "Candidatura a cargo de um gestor de projecto (GEN)" deve ser enviado através da função CANDIDATAR

O requerimento deve conter uma carta de motivação (em português, francês ou inglês) e um Curriculum Vitae detalhando o histórico acadêmico ou de ensino, a formação profissional (incluindo referências relevantes), habilidades lingüísticas e quaisquer outras habilidades ou atividades. que é relevante para um melhor conhecimento do candidato (em português, francês ou inglês).

A Delegação não fornecerá informações adicionais e não discutirá o procedimento de seleção de telefone. Quaisquer questões relativas a este procedimento devem ser endereçadas por escrito a DELEGATION-CABO-VERDE-LOCAL-AGENTS-RECRUITMENT@eeas.europa.eu .

O procedimento

Após o termo do prazo para apresentação de candidaturas, estas serão examinadas por um comité de seleção criado para o efeito. O comité de selecção elaborará uma pequena lista de candidatos considerados mais adequados para o cargo, com base numa avaliação preliminar das informações fornecidas nas cartas de candidatura e nos documentos de apoio. Os candidatos selecionados serão convidados para a fase de avaliação, que consistirá em uma entrevista. Nesta fase, o comitê de seleção avaliará a adequação dos candidatos para o cargo.

Candidatos que não foram pré-selecionados não serão contatados individualmente; no entanto, a Delegação utilizará os mesmos meios de publicação que este aviso de vaga para informar os outros candidatos de que o processo de recrutamento foi concluído e que um candidato foi ou não recrutado. 

Prazo para apresentação de candidaturas: 15/09/2019.


Candidatar